Cuidados com a saúde pessoal precisam ser redobrados em épocas de frio intenso. Mas, você já parou para pensar nos cuidados que dever ter com o seu pet?

Onda de frio nas regiões  sul, sudeste , centro- oeste e parte da região norte do Brasil, prometem ser uma das mais intensas do século com temperaturas negativas podendo chegar a sensação térmica de -25º.

Na madrugada de hoje, dia (28) de agosto, o frio começou a “dar as caras” chegando a registrar 4º aqui em Passo de Torres no litoral sul catarinense. Com o frio intenso, aumentou a preocupação com a saúde e o bem-estar de nossos familiares.

Sabemos que as temperaturas baixas, também requerem muita atenção e cuidados especiais com a saúde. Ainda mais quando não estamos habituados a quedas de temperatura tão bruscas como é o caso de agora. Estar muito bem agasalhado, tomar bastante água e consumir alimentos que mantenha o corpo aquecido é essencial para se proteger nesses dias de frio intenso.

Temperaturas baixas, fazem com que a imunidade do nosso corpo fique suscetível a doenças típicas de inverno, como gripes, resfriados e até mesmo problemas mais delicados relacionados ao trato respiratório. Por isso, nessa época, os cuidados com o distanciamento e uso de máscaras devem ser redobrados.

Aquecedores elétricos, fogão a lenha, lareiras, ou lareiras portáteis, como essa que ensinamos na nossa série de vídeos de faça você mesmo do “Morar Bem”, acabam se tornando “artigos de luxo” para manter a casa quentinha. Neste caso,  é importante redobrar os cuidados para evitar acidentes domésticos. 

Com você pode ver, os cuidados com a saúde precisam ser redobrados. Agora, já parou para pensar quais são os cuidados essenciais para proteger o seu amigo pet do frio do inverno ?

Neste artigo, trouxemos (sete) dicas essenciais para você também cuidar da saúde do seu bichinho de estimação. Acredite! Os cuidados vão muito além de somente mantê-los agasalhados.

1. Mantenha a vacinação e vermifugação do seu pet em dia

Garanta que a vacinação do seu pet esteja em dia. Cachorros podem ser vacinados contra gripe canina. Já os gatos, podem ser vacinados com uma vacina específica que os protege de doenças virais, chamada quádrupla felina.

2. Não aumente a quantidade de alimento para seu pet no inverno

No inverno, nós humanos, sentimos mais fome, pois para se manter aquecido nosso corpo acaba gastando mais energia. Dessa forma, a sensação de fome em um curto espaço de tempo, é maior. Diferente dos humanos, o pet, não precisa receber mais alimento do que o habitual, então, não é necessário alterar a sua dieta.

3. Se atente aos sinais do seu pet

Se você estiver com muito frio, muito provavelmente seu pet também estará sentindo esse mesmo frio. Atente-se aos sinais, como tremores, encolhimento entre outros indicativos visíveis.

4. Evite tosar os pelos do seu amiguinho

O frio está “batendo à porta”? Evite tosar o seu pet! Lembre-se que a pelagem natural dele servirá como proteção contra o frio. Lembrando, que a tosa não anula o uso da roupinha quentinha e o cobertorzinho pra aquecê-lo. 

5. Passeios nos dias frios

Dê preferência para fazer os passeios com seu pet, nos horários em que o sol está mais quente. Uma dica é aproveitar os raios de sol entre as 11 da manhã e 15h da tarde.

6. Mantenha-os hidratados

É bastante comum no inverno os pets diminuírem o consumo de água, o que pode acarretar problemas no aparelho urinário, por isso, não esqueça de ofertar água fresca.

7. Banhos menos frequentes

Diminua a frequência dos banhos de seu pet nessa época, se for dar banho, seque com secador e evite sair à rua logo após o banho para evitar choque térmico e doenças respiratórias.

Com todas essas dicas, com certeza seu amigo pet vai estar muito bem protegido tanto neste inverno, como nos próximos!






Categories:Sem categoria
Published on :Posted on

Post your comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *